Academia Paraibana de Letras

Cadeira nº 14

Patrono: Eliseu Cézar

Fundador: Seráphico da Nóbrega

 

Sucessores:

1° Sucessor – Celso Novais

2° Sucessor – Ronaldo Cunha Lima

 

Flávio Roberto Tavares de Melo

Flávio Roberto Tavares de Melo nasceu em João Pessoa (PB) em 15/02/1950. Em criança já mostrava genuína intimidade com o desenho e a pintura e desde então não parou de exercitar-se, de indagar e experimentar. Frequentou o curso de pintura oferecido pelo artista Raul Córdula, no Setor de Arte da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e, ainda aos 18 anos, passou a absorver os ensinamentos do pintor e gravador Hermano José que àquela época já era um laureado artista. Tavares terminara seus estudos secundários e logo ingressara no curso de Sociologia da UFPB, o qual abandonaria ainda no terceiro ano para dedicar-se em tempo integral ao ofício artístico.


Tinha pouco mais de vinte anos e já havia exposto em Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Nesse mesmo período estudaria pintura nos Estados Unidos e em Caiena (Guiana Francesa), aproveitando esses lugares aproveita para realizar exposições. A seguir, ingressa no mercado de arte da Alemanha Naquele país, sua primeira exposição individual ocorreu em 1981, em Berlim.

Poucos anos mais tarde, exporia em Jerusalém (Israel) e, desde então, já realizou exposições em Lyon, Grenoble e Paris (França), Berlim e Hamburgo (Alemanha), Novo México e Washington (EUA), Quito (Equador), Jerusalém (Israel), Nova Delhi (Índia), Porto (Portugal) e Buenos Aires (Argentina). No Brasil já efetuou exposições em Brasília, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, João Pessoa, Porto Alegre, Salvador, e Olinda. Laureado por diversas vezes, Flávio tem se expressado com sucesso nas mais diversas técnicas (pintura, desenho, aquarela, escultura em pedra e madeira, gravura em metal, xilo e litogravura) e, não bastasse tudo isso, pintou cenários para peças teatrais além de ter ministrado vários cursos, workshops, palestras para estudantes de arte e, ainda, produzido mais de dez painéis e murais na Paraíba e em outros estados do Nordeste brasileiro.

Livro:

-Flávio Tavares:
Com 273 páginas, mais 400 imagens de seus desenhos e pinturas e uma edição bilíngue (português e inglês) de luxo, o livro faz uma retrospectiva que marcam os 50 anos de sua produção. São desenhos e pinturas de todas as fases do artista, clicados por Antonio David, resultado de uma pesquisa das suas obras de 1964 até 2011, feita por Eudes Rocha. No livro constam bicos de pena, trabalhos em sanguine, acrílico, óleo sobre tela, nanquim, xilogravuras e outras técnicas utilizadas por Flávio. O painel exposto no saguão da Estação Cabo Branco aparece como o carro-chefe. Mas também encontramos relíquias, painéis antigos, quadros de colecionadores, telas do inicio da sua carreira, assim como os destacados painéis da “Santa Ceia Nordestina”, a sua versão da primeira missa celebrada no Brasil, o painel “Avôhai”, encomendado pelo cantor e compositor Zé Ramalho, e uma tela do acervo do advogado Roberto de Luna Freire, retratando a história da campanha de Princesa. Além disso, diversas outras obras que estão espalhados pelo mundo

Outros Livros:
– Flávio Tavares – Obras escolhidas (2005)
– Flavio Tavares – Desenhos e Pinturas (2006)

Contato:
Fone: (83) 3226-7376 (atelier)

Fonte culturapopular2 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *